Wiki Dobragens Portuguesas
Advertisement

A Plataforma de Actores Dobradores ou P.A.D. foi uma associação fundada em 2013 e que tinha como objetivo defender e reunir actores dobradores de Portugal.

História

A PAD foi fundada como página de Facebook, em fevereiro de 2013, sendo o único vestígio que resta da mesma. No dia 9 de janeiro de 2014 foram anunciadas as inscrições para administração da PAD. Três meses depois, a sua Comissão Instaladora cessou funções no dia 23 de abril, um ano após a sua fundação.

Objetivos

De acordo com a secção "Sobre" da sua página de Facebook, a PAD tinha os seguintes objetivos:

  • Salvaguardar o reconhecimento do valor técnico e artístico do trabalho desenvolvido pelos Actores/Dobradores.
  • Ser (enquanto órgão representativo dos Actores/Dobradores que o constituem) o meio privilegiado de comunicação e diálogo com as restantes partes envolvidas no processo de produção - Estúdios e Clientes finais - e onde os Canais possuem um papel de indubitável relevo.

Signatários


Trivia

  • Apesar da última publicação ter sido em feita em 2014, a foto de capa da página da Plataforma foi atualizada em 2017.
  • Em algumas publicações, é possível ver algumas denúncias aos estúdios Pim Pam Pum.
    • Estas denúncias relatam a prática de baixos pagamentos aos atores.
      • Numa das publicações, Alexandra Diogo demonstra descontentamento pelas práticas do estúdio e revela ter sido um das razões por ter saído do mesmo.
    • Também relatam o não-pagamento de canções a atores.
      • Num comentário feito pela própria PAD, no entanto escrito do ponto de vista de um dobrador desconhecido, é revelado que o estúdio recusou-se a pagar as canções incluídas nas séries, embora o cliente as pagasse ao estúdio.
  • Também é possível encontrar outra publicação que dá conta das várias manifestações feitas à porta da Dialectus, em 2013, aquando do encerramento inesperado da mesma.
Advertisement